Carolinna Drummond em cores e amores por Sorocaba

 

A artista plástica paulistana Carolinna Drummond, que há três anos escolheu Sorocaba para viver e dedicar-se totalmente a sua arte, abre nesta sexta-feira (8), no hall da Biblioteca Municipal “Jorge Guilherme Senger”, sua exposição “Universo Feminino”.

Sob um olhar muito particular, pontuado por cores fortes, ela mostra ao público 16 de suas telas que pateteiam sua preferência por mostrar as multifaces que compõem o feminino. A artista retrata mulheres intensas, entrando em seus universos psicológicos, expressando em suas telas a força inspiradora de suas personagens.

Graduada pela Escola de Belas Artes, para a exposição “Universo Feminino”, pensada especialmente para comemorar os 360 anos da cidade que a acolheu, Carolinna escolheu algumas obras produzidas desde sua chegada e também expõe novidades que contam um pouco de Sorocaba. É o caso de “A dor de Alzira”, referência à personagem histórica Alzira Louca ou Sucuri, “Gueixas”, uma homenagem à comunidade japonesa local, e “Pôr do sol pêssego”, que lembra as cores do entardecer sorocabano.

O trabalho da artista poderá ser visto até o final do mês, de segunda a sábado, das 8h às 17h, com entrada franca. 

A Biblioteca Municipal fica na rua Ministro Coqueijo Costa, 180, no Alto da Boa Vista. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3238.1955.

 


Márcio Schimming / Divulgação