Endereço: https://agencia.sorocaba.sp.gov.br/dia-mundial-da-agua-saae-investe-em-obras-para/
Acessado em: 18/07/2019 - 11h18

DIA MUNDIAL DA ÁGUA – Saae investe em obras para garantir qualidade da água distribuída aos sorocabanos

Por: Comunicação Saae

O Saae-Sorocaba tem como uma de suas principais metas a distribuição da água usada pelos sorocabanos da melhor qualidade possível e esta também é uma meta do atual governo de Sorocaba. Segundo o prefeito José Crespo, a qualidade do abastecimento precisa acompanhar o desenvolvimento da cidade. “Para que tenhamos qualidade em nossa água é preciso investimentos em infraestrutura, buscar recursos para melhorias e o Saae trabalha incessantemente para se manter à frente de todos os percalços e levar a melhor água às torneiras dos sorocabanos.”

O Saae-Sorocaba vem investindo em obras como a construção da nova Estação de Tratamento de, Água do Vitória Régia (ETA-Vitória Régia) e a instalação de uma linha na Avenida Itavuvu que ligará a nova ETA à rede que abastece a região do Jardim Maria Eugênia. Na sequência serão construídas as linhas que serão interligadas às redes que abastecem as regiões do Conjunto Habitacional Hebert de Souza, do Éden e do Parque Tecnológico/Toyota. O valor exato previsto para ser investido na ETA Vitória Régia é de R$ 77.956.527,01, com recursos do Governo Federal, que incluem financiamento do programa Saneamento para Todos e do programa Contrapartida do Programa de Aceleração do Crescimento (CPAC), além de recursos do próprio do Saae-Sorocaba e financiamento da Caixa Econômica Federal.

A ETA Vitória Régia será inaugurada com capacidade para produzir 750 litros de água tratada por segundo e com a ampliação já prevista, chegará a 1.500 litros por segundo. Esse volume corresponde a 60% de toda a água servida hoje para a população, que é processada na ETA Cerrado e na ETA Éden, que também recebeu ampliação, concluída no ano passado. O início das atividades do novo sistema produtor está previsto para 2020.

O diretor-geral do Saae-Sorocaba, Ronald Pereira da Silva, ressalta que, a cidade tem um dos melhores abastecimentos e qualidade da água do País. “Somos reconhecidos pela qualidade da água que distribuímos, mas não paramos de trabalhar para avançar ainda mais e cumprir todas as metas do atual governo.”

Outra ação que contribui para que Sorocaba tenha qualidade no abastecimento de água é o Programa Rio Sorocaba 100% despoluído. O diretor-geral do Saae explica que o processo de despoluição foi iniciado há 20 anos. “Naquela época o pensamento da população era de que seria impossível a despoluição total do Rio Sorocaba, graças ao trabalho realizado pelo Saae, em breve vamos beber a água do rio Sorocaba”, comemora Ronald.

Também estão sendo feitos investimentos na recuperação dos 14 km de extensão da quarta adutora, que transporta a água bruta da represa de Itupararanga pela Serra de São Francisco até a Estação de Tratamento de Água (ETA) Cerrado. A quarta adutora é importante para manobras ou manutenções que se fizerem necessárias em alguma das outras três adutoras em funcionamento, sem precisar reduzir o volume de água que chega para o tratamento. O trabalho é contínuo e consiste na retirada do tubo antigo com a instalação do novo. Na ETA Cerrado, uma obra de revestimento acústico eliminou o problema de ruído alto que incomodada os moradores das proximidades.

Programa de Controle de Redução de Perdas

O monitoramento nas redes de grande diâmetro, utilizadas na distribuição de água é feito através da Macromedição instalada em 2018 em Sorocaba, como um dos primeiros passos do Programa de Controle e Redução de Perdas. Com esses equipamentos, o CCO (Centro de Controle Operacional) tem condições de identificar vazamentos nessas redes e direcionar as equipes de manutenção. Já para as redes de pequeno diâmetro, contamos com a colaboração da população em avisar o Saae, através do 08007701195, para que possamos enviar as equipes de manutenção.

Esses macromedidores permitiram ao município a medição das perdas reais de água por vazamentos, que correspondem atualmente a aproximadamente 15,2%. Além disso, existem as perdas de receita, que estão sendo reduzidas através do combate à fraudes e ligações clandestinas, e troca dos hidrômetros, e correspondem a 19,1%, totalizando a previsão de Perdas para 2019 de 34,3%, muito inferior o índice de aproximadamente 40% antes da gestão Crespo.

O Saae trabalha na redução de pressão de água nas redes, aliada à setorização do sistema de abastecimento de água, como principal ação no combate aos vazamentos. Além disso, redes antigas e degradadas também estão sendo trocadas, com o objetivo de reduzir as perdas por vazamentos.

O Saae-Sorocaba também está fazendo a troca de hidrômetros e os novos equipamentos certificados pelo Inmetro contam com uma tecnologia que permite registrar com mais precisão os menores volumes de água, reduzindo as perdas nas medições. Eles também são equipados com válvulas antirretorno, que impedem a água no interior da tubulação do imóvel de voltar à rede da rua, em eventuais momentos de desabastecimento.

Muito mais por Sorocaba!