Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/funcionarios-das-defensorias-devem-ser-vacinados-contra-a-gripe/
Acessado em: 12/04/2024 - 08h54

Funcionários das Defensorias devem ser vacinados contra a gripe

Por: Silvia Arruda – ssajo@sorocaba.sp.gov.br

Campanha foi prorrogada até sexta-feira (3)

Para atender orientação da Secretaria de Estado da Saúde, a Divisão de Vigilância Epidemiológica (VE) da Área de Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) está disponibilizando a vacina contra a gripe, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Sorocaba, para os funcionários das Defensorias Públicas Estadual e Municipal.

A Campanha de Vacinação contra a Gripe foi prorrogada mais uma vez. Assim, quem faz parte dos grupos prioritários – crianças entre 6 meses e 1 ano e 11 meses; crianças entre 2 e 4 anos e 11 meses; trabalhadores da saúde, gestantes (em qualquer idade gestacional); puérperas (até 45 dias após o parto); adultos com 60 anos ou mais e portadores de doenças crônicas – e dos demais grupos incluídos – e ainda não se imunizou deve se dirigir à UBS mais próxima de casa durante horário normal de funcionamento de cada uma delas, até a próxima sexta-feira (3).

Também devem se vacinar até esta data os policiais civis e militares (incluindo bombeiros); funcionários do Correios; professores e funcionários das escolas das redes pública e privada do Ensino Infantil (creches), Ensino Fundamental e Ensino Médio, além de motoristas e cobradores de ônibus.

Para receber a vacina é necessário que os integrantes desses grupos compareçam a qualquer uma das 31 UBSs do município, também durante horário normal de funcionamento de cada uma delas, e apresente documento de identificação com foto e um documento que comprove sua atividade profissional nessas instituições (holerite, crachá de identificação ou credencial).

Cobertura da vacinação em Sorocaba

De acordo com o último o balanço divulgado pela Vigilância Epidemiológica (VE) de Sorocaba nesta segunda-feira (29), desde o início da campanha até o dia 24 de junho, 100.767 pessoas tinham sido vacinadas, o que representa 79,68% do público alvo. A meta é vacinar pelo menos 80% das 126.467 pessoas que fazem parte dos grupos contemplados. O município superou a meta em dois grupos: adultos acima de 60 anos (87,04%) e puérperas (87,04%).

Entre as crianças de seis meses e quatro anos e 11 meses de idade, foram aplicadas 25.590 doses, representando 71,77% do grupo. Também receberam a vacina 4.252 gestantes (62,22%), 12.593 trabalhadores da saúde e 20.872 pacientes (54,95%) diagnosticados com doença crônica (comorbidades).