Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/plenaria-cidade-viva-recebe-418-propostas-de-municipes/
Acessado em: 15/07/2024 - 20h32

Plenária Cidade Viva recebe 418 propostas de munícipes

Por: Secom

Foto: Alexandre Lombardi - alombardi@sorocaba.sp.gov.br

Um total de 418 propostas apresentadas de 143 munícipes que levaram suas solicitações. Esse foi o resultado preliminar da Plenária Cidade Viva, ocorrida na manhã deste sábado nas seis Casas do Cidadão de Sorocaba (Itavuvu, Ipanema, Éden, Nogueira Padilha, Brigadeiro Tobias e Ipiranga). Os munícipes tiveram oportunidade de apresentar suas demandas para os secretários municipais e para o prefeito Antonio Carlos Pannunzio, que passou por todas as plenárias e ouviu dos cidadãos os elogios à administração, bem como, as críticas e pedidos de obras e serviços a serem feitos nos bairros. O resultado é preliminar, pois ainda serão contabilizados os pedidos feitos pela internet.

O prefeito destacou a participação da população nas plenárias e a qualidade das propostas apresentadas. “Quem veio, veio para colocar questões do seu bairro e sua região. Questões pertinentes àquilo que é competência da prefeitura, buscando uma solução, ou seja, é uma contribuição fundamental para legitimar o máximo possível tudo aquilo que a gente vem incorporar na Lei Orçamentária Anual, que estamos prestes a enviar para a Câmara. Então, entendo que o saldo é extremamente positivo porque as pessoas tiveram oportunidade de falar, de se manifestar e (…) registrar o seu pleito.”

As sugestões puderam ser apresentadas durante as plenárias, das 8h30 às 12h, bem como por meio de preenchimento de formulário já disponível no portal da Prefeitura de Sorocaba pelo link www.sorocaba.sp.gov.br/cidadeviva . Todas as solicitações feitas, pessoalmente ou pela web, serão respondidas pelas Secretarias competentes e apresentadas na Plenária Devolutiva do dia 22 de agosto.

Plenária em Brigadeiro Tobias

O aposentado Esdras Braga de Arruda, de 64 anos, participou da Plenária Cidade Viva na Casa do Cidadão de Brigadeiro Tobias, bairro onde mora há 20 anos, e teve a oportunidade de fazer a sua solicitação diretamente ao prefeito Antônio Carlos Pannunzio, durante a abertura do evento.

O munícipe pediu a implantação da rede de esgoto e asfalto na Rua Alcides Fernandes, que é uma via de terra. “Não é todo mundo que faz a limpeza da fossa séptica, que custa R$ 500 e não é todo mundo que pode pagar, e quando chove tudo piora. Na minha casa, só a descarga que vai para a fossa, o resto (água da pia e do chuveiro) vai direto para a rua”, explicou.

“Primeiramente vamos fazer a limpeza das fossas sépticas o mais urgente possível, e isto me refiro à semana que vem, enquanto o SAAE finaliza o projeto para a implantação da rede de esgoto na rua. Quanto ao asfalto, estamos aguardando o repasse do Governo Federal”, garantiu o prefeito.

De acordo com Andrea Françoise Sanches, chefe do departamento de esgoto do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), o projeto para a implantação da rede de esgoto na via em questão já está finalizado, aguardando apenas a autorização de alguns proprietários de terrenos por onde vai passar a rede de esgoto, onde será instituída a faixa de servidão.

Esdras ficou satisfeito com a oportunidade. “Achei bom poder falar com o prefeito. É importante dizer quais são as necessidades do nosso bairro. Se a gente não puder falar, quem vai falar?”, disse o munícipe. “O mais importante é que vamos dar respostas conclusivas e claras ao cidadão, mostrando a transparência total da nossa relação com a população sorocabana. A Lei Orçamentária Anual (LOA) será enviada à Câmara Municipal e queremos, na medida do possível, incorporar as sugestões de vocês a esta lei, e isso será a garantia de que estes pedidos realmente serão feitos”, explicou o prefeito, aos participantes da Plenária de Brigadeiro Tobias.

Plenária na Itavuvu

O aposentado José Francisco dos Santos, 76 anos, morador do Jardim Maria Eugênia há 33, não teve dúvidas. Ouviu na rádio que a Plenária Cidade Viva ocorreria neste sábado também na Casa do Cidadão da Itavuvu e se programou para estar presente. “Fiz questão de vir aqui e pedir um semáforo na avenida Itavuvu, na entrada do meu bairro”, disse. E aproveitou para elogiar essa iniciativa da Prefeitura. “É uma oportunidade da gente falar”, completou.

Maria Souto Mota, moradora do Parque das Laranjeiras, ficou sabendo da plenária pela TV e também fez questão de se dirigir à Casa do Cidadão da Itavuvu pra mais uma vez pedir a escritura de sua casa, cujo processo de regularização já está em andamento. Conhecida pela população de seu bairro como dona Sônia, ela conseguiu inclusive fazer o pedido diretamente ao prefeito Pannunzio. “A gente tem que fazer nossa parte. E essa plenária é uma ótima oportunidade”, falou, satisfeita.

Plenária na Ipanema

O casal Ana Ilda e Luiz Carlos Pinto, do Jardim Novo Horizonte levantou bem cedo neste sábado. Eles foram os primeiros a chegar na Casa do Cidadão da Avenida Ipanema para participar das Plenárias Cidade Viva. Frequentadora assídua do Clube do Idoso, dona Ana Ilda pediu, além de melhoria no policiamento, para que a Prefeitura implante no bairro um espaço semelhante, para que os idosos possam desenvolver atividades saudáveis. “Nós vamos semanalmente no Clube do Idoso mas é muito longe e cansativo pra gente. Por isso, estamos pedindo ao prefeito Pannunzio que implante um espaço assim aqui no nosso bairro”, disse a aposentada, de 67 anos.

Entre os cidadãos que se inscreveram para apresentar suas reivindicação pelo microfone, Marcos Marcolino, do Jardim Napoles, solicitou melhorias, como pavimentação asfáltica e recapeamento para o seu bairro e também para as comunidades vizinhas. Elogiou a iniciativa da Prefeitura em abrir à população para participar da construção do orçamento para 2016 e pediu melhorias, principalmente na Praça Joaquim Ferreira Lima.

Falando aos cidadãos presentes à Casa do Cidadão da Avenida Ipanema, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio destacou a importância das Plenárias Cidade Viva, e a participação dos cidadãos na construção do orçamento de Sorocaba para o próximo ano. “Essa iniciativa da Prefeitura aproxima a população do Poder público, permite que apresentem à administração municipal as prioridades para o seu bairro”, afirmou Pannunzio. Ao todo, 30 pessoas apresentaram reivindicações na Casa do Cidadão da Avenida Ipanema, sendo que seis deles fizeram uso da palavra.

Plenária da Vila Hortência

Na Casa do Cidadão “Tomás Aquino Pereira”, na Vila Hortência, foram cadastradas 62 propostas. O professor Alexandre Rodrigues, morador da Vila Colorau, foi um dos que usou a oportunidade para reivindicar mais segurança no bairro. “Poderia haver um morador de cada bairro em contato com o comandante da Guarda Civil, para que se pudesse estabelecer uma comunicação direta solicitando auxílio”, sugeriu. O prefeito convidou o morador a participar da próxima reunião das polícias e também deixou um recado aos presentes na Casa do Cidadão da Nogueira Padilha. “O objetivo desta reunião é de ouvir a comunidade. Vamos trabalhar juntos para minimizar os problemas e atender as demandas apresentadas, sem censura e com transparência”, expôs.

Plenárias no Éden

Mal as portas se abriram às 8h30 e quatro minutos depois já havia 22 munícipes na Casa do Cidadão do Éden. Apenas no Éden, 73 sugestões foram recebidas até o meio-dia, quando os trabalhos foram encerrados.

As sugestões puderam ser apresentadas previamente, por meio de preenchimento de formulário disponível no portal da Prefeitura de Sorocaba, sendo que, pessoalmente, 20 pessoas retiraram senha para fazer o encaminhamento de forma pessoal, nos guichês da Casa do Cidadão Éden. Durante o evento, os participantes também puderam fazer uso da palavra ao microfone, procedimento que foi adotado por seis munícipes.

O comerciante José Bernardo da Silva, 73 anos, reside no Éden há 33 anos e optou por comparecer à Casa do Cidadão do bairro, onde fez uso do microfone, pegou a senha de número 11 e às 9h51 iniciou o registro de suas 11 propostas. Entre elas, destacam-se o término da duplicação da Avenida Victor Andrew, atualmente em obras e prevista para ser entregue em agosto, e a duplicação das ruas Pereira da Fonseca e Conde Zeppelin, bem como de toda a extensão da Rua Benedito de Oliveira Cassú. Solicitou ainda a instalação de um parque no entorno da represa do Éden.

Porém, o morador reclamou que muito mais gente poderia ter participado da Plenária Cidade Viva e feito suas propostas. “A adesão é pequena, mais gente do bairro deveria vir a eventos como este. Teve divulgação e tudo mais. Eu participo de todos, fui na primeira plenária, em 2006, e continuo, apesar da minha idade”, complementa ele, que posteriormente ficou de encaminhar, por e-mail à Prefeitura, uma série de outras sugestões que levantou junto à comunidade do bairro.

O prefeito Antônio Carlos Pannunzio ouviu do munícipe Ivo Nestor Antônio o pedido de melhorias na área de lazer da Vila dos Dálmatas, também no Éden. “É uma demanda muito pequena e não temos desculpa para não cumpri-la. Fica aqui o nosso compromisso de atendê-la”, garantiu.

Pannunzio aproveitou para anunciar que a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Éden será inaugurada no dia 15 de agosto, gerenciada pelo Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), mesma entidade que toma conta da Unidade Pré-Hospitalar (UPH) da Zona Leste. “Com essas duas unidades, vamos dobrar a capacidade de atendimento de urgência e emergência em Sorocaba”, explicou Pannunzio, que ainda enumerou aos presentes na plenária os investimentos feitos desde 2013 pela Administração Municipal em áreas como: Saúde, Educação, Transporte, Saneamento e Habitação. “Só de moradias, vamos entregar 6 mil, sendo 3 mil este ano e outras 3 mil até meados de 2016.”

“Podemos nos orgulhar que Sorocaba é uma cidade mais bonita, uma cidade diferente, e que pode melhorar ainda mais, o que depende também do munícipe fazer a sua parte e ajudar no trabalho da Prefeitura”, finaliza Pannunzio.

Plenária no Jardim Ipiranga

A dona de casa Izabel Florentino da Silva, 65 anos, foi a primeira a ser atendida na Casa do Cidadão do Jardim Ipiranga. Moradora do Wanel Ville I, ela fez algumas solicitações, como a fiscalização nos bares da região. “Não tem horário de funcionamento. É muito barulho na madrugada”, conta ela.

Dona Izabel também diz estar preocupada com o mato no bairro. “Está meio abandonado”, fala. Sobre o programa Plenária Cidade Viva, ela acha ótimo. “Não dá para o prefeito saber tudo que está acontecendo na cidade. Todo mundo precisa colaborar”, afirma dona Izabel.

O aposentado Raimundo Alves da Silva, 85, também compareceu à Casa do Cidadão do Jardim Ipiranga. “Tem um córrego que sai atrás do quartel da PM que precisa de cuidado”, comenta ele. Morador do Jardim Simus, na Alameda da Primaveras, afirma que é preciso cuidar também do local. “O asfalto está bom, mas faltam calçadas”.

Para Raimundo, a Plenária Cidade Viva é importante. “Só que é preciso que mais gente participe. Só assim vamos conseguir o progresso da nossa cidade e bairro.” Foram vinte e sete atendimentos nos guichês da Casa do Cidadão e oito cidadãos usaram o microfone. O secretário de Governo, João Leandro da Costa Filho, coordenador da plenária no Éden, disse que o evento atingiu o objetivo de receber as reivindicações da população. “Também puderam fazer reclamações, quanto a problemas pontuais, que serão resolvidos já a partir da próxima semana.”

Plenária Devolutiva

A fase seguinte da Plenária Cidade Viva consistirá na realização de uma Plenária Devolutiva no dia 22 de Agosto, no auditório da Unidade Seminário (Av. Dr. Eugênio Salerno, 140, Centro), também das 9h ao meio-dia, a comandada pelo prefeito Pannunzio. Na ocasião, haverá apresentação das propostas aprovadas e respostas por parte da Prefeitura, além de serem esclarecidas dúvidas dos participantes. Num segundo momento, a Prefeitura enviará – via correio – respostas a cada munícipe que encaminhou sugestão.

Também participaram das plenárias neste sábado, atendendo a população, os secretários municipais Clebson Ribeiro (Meio Ambiente), Geraldo Almeida (Desenvolvimento Econômico e Trabalho), Edsom Ortega (Planejamento e Gestão), Aurílio Caiado (Fazenda), Francisco Moko Yabiku (Esportes e Lazer), Maurício Jorge de Freitas (Negócios Jurídicos), João Leandro (Governo e Segurança Comunitária), Roberto Juliano (Administração), Júlia Andersson (Habitação), Flaviano Agostinho de Lima (Educação), Adhemar José Spinelli Júnior (SAAE), Edith Di Giorgi (Desenvolvimento Social), Rubens Lara Hungria (Parque Tecnológico de Sorocaba), Oduvaldo Denadai (Serviços Públicos), Renato Gianolla (Urbes – Trânsito e Transportes), Antonio Benedito Bueno Silveira (Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras), Jaqueline Gomes da Silva (Cultura) e Rodrigo Maldonado (Gabinete do Poder Executivo).