Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/populacao-comemora-a-entrega-do-reservatorio-de-detencao-de-cheias/
Acessado em: 21/07/2024 - 03h46

População comemora a entrega do Reservatório de Detenção de Cheias

Por: Daniela Custódio

Foto: Fernando Abreu

A Prefeitura de Sorocaba  e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae Sorocaba) fizeram a entrega da segunda e última etapa do Reservatório de Detenção de Cheias (RDC) Água Vermelha, que já soluciona o problema os constantes alagamentos que ocorriam nas ruas Marechal Dutra, Manaus, Aracaju, Natal, Garcia Redondo e Visconde de Cairú. O dia ensolarado fez com que a população comparece para a tão esperada entrega. “Esta é uma região que sofreu com as enchentes por décadas e agora os moradores podem viver sem se preocupar com esse problema e ainda podem usufruir de um lindo parque que é um novo cartão postal de Sorocaba”, comemora a prefeita Jaqueline Coutinho.

A área total da obra é de 42.650 metros quadrados, abrangendo cinco bairros: Jardim América, Vila Jardini, Jardim dos Estados, Jardim Paulistano e Jardim Embaixador. Uma das bacias (RDC 1), entregue em dezembro de 2017, tem 12.750 metros quadrados, com capacidade para 31.875 metros cúbicos de água, num espaço formado pelas avenidas Washington Luiz, Bento Mascarenhas Jequitinhonha, Abraham Lincoln e rua Padre José Carlos Simões.

A segunda bacia (RDC 2), entregue nesta quinta-feira, está numa área de 29.900 metros quadrados, nas proximidades da Escola Técnica Estadual “Fernando Prestes”, com capacidade para receber um volume de 74.750 metros cúbicos de água. Ambas tem o entorno transformado em um parque com árvores, pista de caminhada, ciclovia, calçadas, área gramada, bancos, academia ao ar livre e playground, formando o Parque dos Estados. “É importante lembrar que est é uma obra do Saae, mas que contou com os esforços da Secretaria de Conservação, Serviços e Obras e Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins e juntos fizeram um belíssimo trabalho”, enfatizou a prefeita.

Para o diretor geral do Saae, Mauri Pongitor, a entrega final do RDC é um marco para Sorocaba e afirma o compromisso que a autarquia e demais secretarias de proporcionar o melhor para a população sorocabana. “Esta é uma obra de extrema importância para prevenção dos alagamentos que eram constantes na região. “A gestão atual tem o compromisso de fazer o melhor para a cidade, inclusive na área do saneamento e infraestrutura. O RDC é uma importante obra com o objetivo de levar qualidade de vida à população sorocabana.”

O funcionamento do novo sistema de drenagem consiste, basicamente, no armazenamento das águas de chuva pelas duas bacias por um determinado período, até que elas atinjam o seu volume máximo de contenção, quando então tem início o escoamento gradativo das águas por um sistema de extravasão, permitindo minimizar as ocorrências de transbordamento do córrego Água Vermelha e consequentemente eliminar os pontos de alagamentos de vias, as interdições do tráfego de veículos e demais ocorrências verificadas em situações como essa, explica o diretor operacional de esgoto, Rodolfo Barboza.

Durante a solenidade de inauguração também houve exposição de animais empalhados, adoção de animais, doação de mudas da Secretaria de Meio Ambiente, Parque e Jardins, oficina de pintura, pintura facial para as crianças, exposição de imagens mostrando antes e depois da cidade, organizados por alunos da Escola Técnica Estadual “Fernando Prestes”, e plantio simbólico de árvore feita pela prefeita, diretor geral do Saae, vereadores e demais autoridades presentes. Com o descerramento das placas as autoridades oficializaram a entrega da segunda e última bacia do RDC Água Vermelha, denominada “Romeu Pires Osório”.

A população também compareceu e comemorou a inauguração. A aposentada Justina Almeida, de 75 anos, moradora da região há 33 anos, conta que sofreu com os alagamentos e teve a casa invadida pela água da chuva cinco vezes. “Estou muito feliz que o sofrimento acabou e ainda ganhamos um parque lindo para adultos e crianças”, comemora.