Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/prefeitura-de-sorocaba-realiza-a-sua-primeira-feira-de-troca-de-brinquedos-neste-sabado/
Acessado em: 15/07/2024 - 21h28

Prefeitura de Sorocaba realiza a sua primeira Feira de Troca de Brinquedos neste sábado

 

As famílias vão comemorar o Dia das Crianças de uma forma diferente, como uma alternativa de lazer não pautada pelo consumo

A Prefeitura de Sorocaba está convidando papais e mamães para levarem seus filhos neste sábado (11), às vésperas do Dia das Crianças, para a sua primeira Feira de Troca de Brinquedos. Com direito até a piquenique em família, o evento será realizado das 9h às 12h, na Praça “Frei Baraúna”, no Centro da cidade. Quem for à feira também poderá participar das atividades da Associação Cultural Pintura Solidária.

Organizada pela Coordenadoria da Criança e do Adolescente da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a iniciativa faz parte de um movimento nacional do Instituto Alana, que está levantando a bandeira de um Dia das Crianças diferente. O objetivo é estimular práticas de consumo colaborativo entre a garotada, às vésperas de uma das mais importantes datas para o comércio.

“Queremos estimular a consciência da família em torno do consumo infantil, de uma forma educativa. Convido todos os papais e mamães a levarem seus filhos para participar desse encontro especial”, declara a vice-prefeita Edith Di Giorgi, secretária de Desenvolvimento Social.

Como funciona

Para participar, basta que as crianças levem um ou mais brinquedos com os quais não brincam mais para que, durante a feira, interajam com outras crianças e façam a troca. Os brinquedos devem estar em bom estado de conservação. É importante que os pais não interfiram nessa “negociação” entre os pequenos.

Para a vice-prefeita, além de uma atividade divertida, as feiras de troca possibilitam entrosamento e socialização entre os pequenos. “O brincar tem uma função educativa e de desenvolvimento, que é fundamental para toda a criança. E essa feira vai fazer os pequenos interagirem com outras crianças, praticando o desapego e percebendo que outras pessoas podem usar melhor um objeto que ela mesma não brinca mais. Ou seja, elas vão perceber que o brinquedo pode ter um valor diferente para outra pessoa”, comenta.

Além da feira, a ideia é que os frequentadores também façam um piquenique no local. “Queremos estimular que as famílias levem toalha, lanche, bolo, frutas e suco para que façam um piquenique durante a realização da Feira”, explica Marilene Oliveira, da Coordenadoria da Criança e do Adolescente.