Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/projeto-de-sorocaba-para-otimizacao-viaria-passa-do-senado/
Acessado em: 12/04/2024 - 08h05

Projeto de Sorocaba para otimização viária passa por comissão do Senado

Por: Secom Sorocaba

Prefeito José Crespo e secretário Luiz Alberto Fioravante estão em Brasília em busca do recurso financeiros no encontro ” Marcha dos Prefeitos”.

 

O prefeito José Crespo e o secretário de Planejamento e Projetos da Prefeitura de Sorocaba, Luiz Alberto Fioravante, estão em Brasília participando da “Marcha de Prefeitos”, que teve início nesta segunda-feira (21) e segue até quinta-feira (24). Nesta terça-feira (22), um projeto de Sorocaba foi aprovado pela CAF-  Corporação Andina de Fomento e segue agora para votação no plenário do Senado, nesta quarta.

Caso seja aprovado, a Prefeitura de Sorocaba poderá contar com um recurso financeiro de US$ 70 milhões, que serão investidos no Programa Ambiental e de Otimização Viária da cidade, o qual visa aperfeiçoar a infraestrutura do município, em consonância com princípios de sustentabilidade, promovendo adequação do sistema viário às necessidades de mobilidade impostas pelo processo de desenvolvimento econômico vivenciado nos últimos anos em Sorocaba; articulando a oferta de infraestrutura de mobilidade com a necessidade de criação de espaços de convívio social e preservação ambiental; e reassentamento de famílias atualmente em situação de moradia precária nas áreas de proteção permanente.

O presente programa visa a intervenção de quatro obras que serão financiadas pela CAF. As ações praticadas são integradas para aumentar a vida útil de toda a estrutura do pavimento possibilitando a mobilidade, acessibilidade, o acesso e circulação da população com segurança e conforto. Vale salientar que este componente agrega valores, tais como: social, ambiental e de saúde, fortalecendo o desenvolvimento e dotando toda a população envolvida numa melhor qualidade de vida. Também é importante destacar a política do plantio de arvores e o manejo da sustentabilidade das áreas verdes em torno das intervenções. O financiamento que foi aprovado pela comissão também teve o apoio do deputado federal Jeferson Campos.

O encontro é uma oportunidade de negócios, bem como de investimentos para representantes dos municípios de todo Brasil. A Marcha dos Prefeitos 2018 é organizada pela CNM-Confederação Nacional dos Municípios e conta com o apoio de instituições, como o Sebrae, e o patrocínio do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e do governo federal. A programação da Marcha dos Prefeitos engloba desde palestras e lançamento de projetos, até debate entre os presidenciáveis. O evento ocorre no CICB – Centro Internacional de Convenção do Brasil, na Asa Sul de Brasília.

Intervenções previstas: Obras Complementares ao BRT e Obras Estruturais

 

1) Implantação de via marginal ao córrego Itanguá com, aproximadamente, 3,7 Km de extensão; obras de arte complementares e construção de ciclovia, prevista no Plano Diretor do município como Via Arterial do complexo viário de ligação da Zona Oeste com a Zona Industrial;

2) Implantação de viaduto sobre a Avenida Itavuvu com, aproximadamente, 290 m de extensão e seus acessos para conexão direta entre a Av. Edward Fru-Fru e Ulysses Guimarães, com o objetivo de eliminar em até 50% do fluxo de veículos na área;

3) Construção de nova ponte de ligação da Rua XV de Novembro e a Av. São Paulo, com aproximadamente 115 m de extensão, seus acessos e construção de ciclovias. A Rua XV de Novembro é uma das principais vias da área central do município, onde estão localizados um grande número de comércios e de bancos. Essa via interliga com as principais vias arteriais da região conhecida como Além Ponte. Uma dessas vias, denominada de Av. São Paulo, faz parte do corredor de transporte coletivo BRT – Bus Rapid Transit (Trânsito Rápido de autocarros/ônibus), do eixo Leste / Oeste.

4) Implantação do Parque Linear do Córrego Itanguá para integrar e valorizar os elementos naturais existentes ao longo do rio, como também introduzir novos atrativos para a população local, com equipamentos de lazer, reforçando ainda a vocação para a cultura, conservação ambiental, transporte, ciclovias, passeios públicos, quadras poliesportivas, campos, pistas de caminhada, arborização e paisagismo.