Sorocaba faz seus “Vivas” no fim de semana

 

Éden e Vila Helena são os bairros que receberão neste sábado (23), das 14h às 18h, o projeto Viva o Bairro, da Secretaria da Cultura (Secult).

No Éden, a atração musical fica por conta da banda sorocabana El Cabong, que se apresenta mostrando a mistura do rock, punk e do reggae numa levada distorcida com instrumentos como sax barítono, sax tenor, trombone e trompete. A diversão é garantida.

A banda que nos quinze anos de estrada já lançou dois EPs – “Diversão de Rude Boy” e “Demo do Demo”  e  acaba de lançar seu primeiro álbum “Happy Hour”, toca às 16h30.

A comunidade ainda contará com o espetáculo “Leituras de João e Maria”, do Grupo Teatral Nativos Terra Rasgada, oficinas de construção de brinquedos, jogos de rua, contação de histórias e oficina experimental de arte cênica.

Na Vila Helena as atrações também prometem agitar crianças e adultos. No bairro a Secult promove uma oficina de circo para os curiosos e iniciantes na arte, que engloba malabarismo, acrobacias e técnicas de palhaço. A criançada ainda vai fazer brinquedos em papel e material reciclável e participar de corrida de saco, amarelinha, pula elástico e corrida do ovo.

A partir das 15h a Família Matula de Teatro apresenta o show Patavina, Bulhufas e Etc, contando a história de dois palhaços que chegam atrasados para uma apresentação por causa de problemas intestinais. Vai sobrar risada.

E a música chega com a alegria do samba contagiante da Família Pereira, que se formou em 2011 por iniciativa de Wellington Pereira, Raphael Pereira e Feijão Samba. Agregando ao grupo os amigos amantes do bom samba de raiz, Juca Martins (José Arnaldo), Dú Lima (Carlos Eduardo Alves) e Carlinhos Black (Carlos Eduardo), a roda de samba ficou conhecida como “Roda de Samba da Família Pereira”.

Viva a Praça

 

O domingo (24) de atividades culturais e entretenimento começa pelo Campolim. No Parque “Carlos Alberto de Souza”, das 10h às 13h, os visitantes poderão se aventurar na onda do slackline numa oficina com Tato Ribeiro. Novamente, o samba invade o espaço e a  “Roda de Samba da Família Pereira” agita a manhã.

 

À tarde, das 14h às 18h, a comunidade da região do Parque das Águas, no Jardim Abaeté, poderá conhecer o trabalho da fotógrafa Juliana Prestes, que mostra “Artes de Rua: Olhares de Vidro…”.

O trabalho é resultado do olhar peculiar da fotógrafa que capturou imagens do cotidiano da cidade, principalmente das ruas. São 40 fotos ora feitas de dentro, ora de fora de um carro, contemplando os olhares dos que veem e daqueles que assistem aos movimentos de Sorocaba.

O cantor, compositor e multi-instrumentista Tom Soares faz o momento musical do Parque das Águas numa apresentação de voz e violão, às 16h. O artista canta seu trabalho “Tom Soares em decomposição”, a segunda edição de show criado em 2010, no qual expõe suas composições autorais, como “A cara do futuro” e “Fora”.

Viva o Centro 

 

Entre espaços de lazer e bem estar, onde a população pode desfrutar de atividades alternativas de saúde, área de relaxamento e cantinhos destinados à criançada, o grupo A Voz do Samba – “Balakogê” se apresenta no projeto Viva o Centro, neste domingo (24), às 17h.

 

O grupo foi formado em 2009 pelo músico e compositor Luizinho Qxada e tem como foco de trabalho mostrar que o samba é mais que um ritmo, é um segmento cultural que precisa ser imortalizado.

Integram A Voz do Samba – “Balakogê”, Luizinho Qxada (violão sete cordas/voz); Kiki Silva (cavaquinho/voz), Picolé (pandeiro/voz) e Bertinho (tantã/voz).

O Viva o Centro acontece das 14h às 18h na Praça “Frei Baraúna” e a programação gratuita.

Tags:, , , , , , ,